Dicas de pós parto para os PAIS!

bw_web_rafaelacarvalho_199

Pequena lista com dicas para os PAIS, do que fazer (ou não fazer) nas primeiras semanas pós parto.

Escolha bem as suas palavras
Não é o que se fala, é como se fala. Aqui vai um típico exemplo:
O marido que não tem amor a vida chega em casa, e pergunta:

– Oi amor, o que “tanto” você fez hoje?

Penso nas inúmeras respostas que este marido merece receber:
1. Joguei ping pong;
2. Fiquei dançando ballet clássico com o bebê;
3. Já que não tinha nada para fazer, me inscrevi em uma aula online de Mandarim;
4. Fui ali na praia caçar siri;
5. Viajei pelo Google Earth;
6. Bordei uma toalha para dar de presente para a sua mãe;
7. O dia rendeu tanto que fiz todas as opções acima.

Ou, você, marido esperto, que pensa antes de falar:

– Oi amor, trouxe comida, imaginei que você estaria exausta. Como foi seu dia?

Em nome de todos os Santos da Igreja Católica, não seja você o primeiro a mencionar a palavra ACADEMIA.
Poucos dias após o nascimento do meu terceiro bebê, meu marido, achando que estava prestes a marcar um gol de placa, veio me perguntar se eu queria ir para academia, que ele ficaria com as crianças.
Oi? Hein? Ah? Você tá falando comigo?
Diante desta pergunta INFAME, eu não sabia se deveria rir, chorar, gritar, ou se deveria tortura-lo lentamente. Tenho certeza que naquele momento a opção da tortura foi a que mais me apeteceu. Contei até 9 milhões, olhei para a luz azul, calmamente agradeci a oferta, locomovi meu corpo exausto para o banheiro, local sagrado de todas as mães, onde xinguei não somente meu respectivo esposo mas até o décimo quinto ascendente da sua árvore genealógica.
Então, caro papai, por mais chocante que esta informação pareça ser, saiba que a sua mulher não vai voltar para a academia semana que vem.

Segure o bebê
Algo tão simples e tão óbvio, e que ainda assim 99% dos homens erram! Não sei qual é a dificuldade de entender: Se a sua mulher lhe pedir para segurar o bebê, você SEGURA O BEBÊ! Não é para pegar o bebê no colo, fazer duas ou três gracinhas, e já deitar o bebê no sofá. Qual é o problema de segurar o bebê COM OS SEUS BRAÇOS por um período maior que 5 minutos?! Nem pense em entregar o bebê de volta, dizendo: “Amor, eu acho que ele está com fome” ou “ele está inquieto no meu colo”. Estas são as piores desculpas que você poderia dar. Vá procurar uma desculpa melhor, só não esqueça de levar o bebê junto com você.

Não faça barulho ou movimentos bruscos
Quando sua esposa for colocar o bebê para dormir, até segunda ordem, você, em conjunto com todos os eletrodomésticos e eletrônicos da casa,  se calam. Sim, celular também conta como aparelho eletrônico. Não, não é o melhor momento para assistir o vídeo que você acabou de receber no whatsapp. Também não é a melhor ocasião para antender a ligação do seu chefe, da sua mãe, do seu melhor amigo, do Obama, ou do Papa Francisco.

Não acorde uma mãe que dorme
Sejamos realistas. A grande maioria dos bebês não nascem dormindo a noite inteira. Em um cenário excelente, sua mulher deve estar dormindo no máximo 4 horas seguidas. Dormir apenas 4 horas por uma noite é tranquilo. Duas noites, é OK. Três noites, é difícil. Quatro ou mais noites vira caso de sanatório.
Assim, quando a sua mulher finalmente conseguir fechar os olhos, não há porquê acorda-la. Na verdade, existem pouquíssimas situações onde é correto acordar uma mãe. Seguem alguns exemplos:

CORRETO: A casa está pegando fogo, os bombeiros ordenaram que devemos sair.
INCORRETO: Você sabe onde está o carregador do telefone?

CORRETO: Ganhamos na mega sena acumulada. Estamos milionários!
INCORRETO: Você lembra qual é a nossa senha do Netflix?

CORRETO: O bebê está com febre de 40 graus, já arrumei tudo para o levarmos para o hospital.
INCORRETO: Posso comer aquele pedaço de bolo que está na geladeira?

E o último e mais importante conselho:
Esta loucura dos primeiros meses vai passar. E vai passar muito antes do que você imagina. Sua mulher vai voltar a ser “ela mesma”. Aliás, é provável que ela se torne a melhor versão dela mesma. Tenha paciência. As melhores lembranças da vida são deste caos, esta loucura que é construir uma família!

2 comentários sobre “Dicas de pós parto para os PAIS!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s