Para as mães de meninos

Ontem e hoje li várias matérias sobre este caso absurdo de estupro que aconteceu no Brasil. Para minha surpresa, ou melhor, para minha ânsia de vomito, me deparei com vários comentários onde aprendizes se seres humanos acusam a MENINA por ter sido estuprada? A MENINA! Sim, a menina!
A menina? Oi? Planeta Terra chamando? Seria este o fim dos tempos?

Diante destes comentários que são tão desprezíveis quanto o próprio estupro, vim aqui falar para todas as mães de meninos (e eu me incluo nesta categoria):
Nós mães de meninos, temos a obrigação de ensinar aos nossos filhos a tratar as mulheres com respeito. Respeito este, que não pode depender das escolhas pessoais da mulher. Ou seja, não interessa se ela é prostituta por profissão, advogada, diarista, farmacêutica, heterosexual ou homossexual. Pouco importa se ela veste calça ou saia, pouco importa se ela usa drogas, ou se é beata e religiosa de carteirinha. O caráter dos nossos filhos não pode estar escorado nas decisões pessoais de outro ser humano. Não existem variáveis. Aliás, este é o perfeito exemplo das poucas situações na vida onde não há interpretações. É errado, é errado, é errado, e é errado, SEMPRE. Não existe “mas”. Precisamos criar homens que entendam que tocar em uma mulher sem o consentimento dela, e sem que ela esteja 100% consciente, é inadmissível, PONTO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s