Exercícios Cardíacos

Todos os dias da semana (incluindo domingos, feriados e dias santos) o Dom acorda as 6 da manhã. É sempre igual. Ele dá uma ligeira resmungada, avisando que acordou. Da minha cama eu escuto tensa. Todos os músculos do meu corpo paralisam, com a esperança de que se eu não me mexer, e ficar bem quietinha, ele voltará a dormir. São segundos onde eu nem respiro. Fico em posição fetal, igual criança que acha que estando embaixo da coberta fica protegida dos monstro e assaltantes. Por alguns segundos a tática parece funcionar. Dom volta a ficar em silêncio. A esperança reina no meu coração. Ajeito minha cabeça no travesseiro, puxo a coberta, esfrego um pé no outro, dou um suspiro. A vida é bela. São os 30 segundos mais deliciosos da vida de um ser humano. Mas tudo não passa de uma pegadinha da força cósmica da humildade materna (e quem não entender vai ter que voltar para procurar o texto sobre este assunto). O silêncio dura menos de um minuto, e é quebrado aos gritos de: “Mamãe, mamãe, mamãe …!”
Pulo da cama e vou zumbinzando acudir a criança. 
Entro no quarto já implorando para ele falar baixo, para não acordar a Zara.
Dom me olha com carinha de gatinho do Shrek: “-Tá bom.”
A frase vem com um tom de voz tão doce, mas tão doce, que até poderia amolecer o meu coração. Mas quem não conhece que o compre. Pego o Dom no colo, e silenciosamente abro a porta do quarto. No momento em que coloco o pé no corredor, ele grita: “Eu quero mama!”
A vontade que dá é de responder: “Filho de uma égua!” 
Mas lembro que no caso a égua sou eu, e me calo.
Desço as escadas correndo com ele no colo. 
Zara resmunga.
Paraliso e arregalo os olhos: “Por favor volte a dormir, por favor volte a dormir.”
Ela fica em silêncio. 
Ando na pontinha dos pés. Não existe andar mais silencioso do que o de uma mãe com sono, com medo de acordar o filho. 
Coloco o mama no microondas. Tiro antes dos 30s, para evitar o apito. 
Escuto Zara resmungar novamente.
Mais uma sequência de minutos de tensão. 
Não são nem 7h e meu coraçãozinho já fez um circuito intenso.
Tá aí ciência, é por isto que as mulheres têm menos chances de infartar do que os homens. São pequenos grandes exercícios cardíacos diários 💪🏻❤️

2 comentários sobre “Exercícios Cardíacos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s