O jeito certo de parir

A primeira cicatriz de uma cesariana marcada por opção. Em cima mais uma cicatriz, cesárea de emergência. E acima, o cordão umbilical ainda pulsando, com direito a nó completo, minha VBA2C (parto vaginal depois de 2 cesáreas).

Três histórias, três crianças, uma mãe.

Sobre o jeito certo de parir…

Você está autorizada a ter um plano de parto, a não ter um plano de parto, a mudar de idéia, a se sentir frustrada, realizada, ou os dois.

Você está autorizada a parir em casa, no hospital, no quintal, no triângulo das Bermudas, ou em qualquer lugar que você e seu bebê estejam seguros.

Você está autorizada a passar das 40 semanas, a não passar das 40 semanas, a ficar ansiosa, tranquila, a respirar, a chorar, e a rir.

Você está autorizada a fazer perguntas, a não entender, a questionar, a discordar, a concordar, e a perguntar mais uma vez.

Você está autorizada a tirar ou não tirar fotos, a usar ou não usar cinta pós-parto, a pedir ou não pedir anestesia, a parir deitada, de pé, de cócoras, ou de ponta cabeça (este último eu duvido que você queira mas tudo bem).

Você está autorizada a ter parto vaginal ou cesárea, de manhã, de tarde, ou de noite, em dia útil, ou dia santo.

Você está autorizada a ter um acompanhante, a estar sozinha, a meditar durante as contrações ou a dar graças a Deus que morfina existe.

Você está autorizada a ter uma obstetra, uma parteira, doula, benzedeira, pastora, extraterrestre, ou qualquer pessoa que traga seu bebê ao mundo com segurança, saúde, e amor.

Você só não está autorizada a ser pressionada, a aceitar desinformação, pouco caso, pressa, e má vontade.

Todo ser humano quando nasce, entra neste mundo com o coração limpo, em um estado de pureza. Algo que deve ser não somente respeitado mas também celebrado. E talvez seja por isso que chamamos parir de “dar a luz”. Porque luz é a palavra mais próxima para definir a chegada de um novo ser ao nosso mundo.

A paz e o amor que o mundo procura também começa no parto. Pois só existe um jeito errado de parir, e é parir com desrespeito.

#birthwithoutfear
Birth Without Fear

2 comentários sobre “O jeito certo de parir

  1. Pingback: Melhores links da semana (de 14 a 19/11/2016). - Só Melhora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s