É isto que as mães fazem

Manhã de Terça-feira, você com os pés descalços no chão gelado da cozinha. Preparando o 740001° misto quente do seu filho mais velho. Amassando a banana número doze mil trezentos e vinte três do seu do meio. Lavando a qüinquagésima nona mamadeira da quinzena.

Do minuto em que você abre os olhos, alguém já precisa de você. Talvez seja por isso que as pessoas dizem que a maternidade é tão difícil. Não porque é fisicamente cansativo – quero dizer, claro que é, mas não é só por isso.

É porque é pesado emocionalmente. É porque tem dias que te drena. Te tira tudo. E não sobra nada pra você. Nem paciência, nem energia, nem motivação. 

Há dias em que sentimos que todos os esforços, tarefas, sacrifícios, passam em vão. Que ninguém aprecia.
É tão fácil se sentir assim.
Eu faço, faço, e faço, constantemente, e nada é o suficiente.

Eu não estou procurando elogios. Não estou pedindo premiações. Eu nem se quer estou procurando um “obrigada”. 

Hoje eu só queria um pouco de colaboração. Um pouco de respeito pelas regras. Regras que são repetidas todos os dias do ano (inclusive nos dias santos e feriados). Regras tão simples e tão óbvias.

Coisas como,  por favor me deixe te vestir sem que isso se torne um esporte olímpico. Não acorde sua irmã(o) que acabou de fechar os olhos. Não coloque moedas dentro do rádio do carro. Me deixe trocar sua fralda que está cheia de côco.

Sabe, neste mundo de hoje é difícil admitir estas coisas. Todo mundo quer falar como a maternidade é linda e maravilhosa. Como completa, preenche, ilumina. Sim, claro que a maternidade é tudo isto. É o mais incrível papel que eu já preenchi na vida. Mas ainda assim, as vezes ela é pesada. Bem pesada.

Agora pouco, antes de escrever este texto, minha caçula teve um momento de birra. Daqueles de Hollywood. 
Eu fui dura. A ignorei, sai de perto. Precisava respirar.  
Voltei minutos depois, e a encontrei no chão. Descabelada, tristonha, com o nariz escorrendo quase chegando na boca. 

Quem você acha que a tirou do chão, limpou o seu rosto, penteou os cabelos, e a fez dormir?

Você já sabe a resposta. Afinal, você também é mãe, e é isto que as mães fazem. 👊🏻

Autora: Rafaela Carvalho (Instagram: @a.maternidade)

4 comentários sobre “É isto que as mães fazem

  1. Aii é tão difícil né? Estou no 7° mês de gestação do segundo filho e EXAUSTA… fico pensando se é frescura da minha parte, mas no fundo eu sei que não é. É o tal do cansaço mental que deixa a gente louca. Óbvio que existe muuuito cansaço físico, mas o mental judia!!! Força para nós!!!

    Curtir

  2. Pingback: Melhores links da semana (de 13 a 18/02/2017) - Só Melhora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s